Dois motivos pelos quais um católico não pode votar em Dilma Rousseff

 

Já disse inúmeras vezes que José Serra (PSDB) está anos-luz de ser um candidato ideal. Contudo, até agora (e se aparecer eu, de bom grado, condeno também) não vi nada que obste tanto a um católico quanto o que vai abaixo. Primeiro, veja o que diz a Igreja:

SOBRE O ABORTO:

a) Começo pelo próprio Código de Direito Canônico:

TÍTULO VI

DOS DELITOS CONTRA A VIDA E A LIBERDADE DO

HOMEM

Cân. 1398 – Quem provoca aborto, seguindo-se o efeito, incorre em excomunhão latae sententiae.

 

b) Catecismo da Igreja Católica

cf. cânones 2268-2283 e 2321-2326:

"O aborto directo, querido como fim ou como meio, e também a cooperação nele, crime que leva consigo a pena de excomunhão, porque o ser humano, desde a sua concepção, deve ser, em modo absoluto, respeitado e protegido totalmente;"

c) Declaração sobre o Aborto provocado, de 28 de junho de 1974, ratificado pelo Papa Paulo VI

É inteiro dedicado ao tema, dispensa maiores explicitações.

d) Didaché:

A Didaché é citada por Eusébio de Cesaréia. É do século I!!!

« Tu não matarás, mediante o aborto, o fruto do seio; e não farás perecer a criança já nascida » V, 2.

e) Tertuliano (séc. II)

« É um homicídio antecipado impedir alguém de nascer; pouco importa que se arranque a alma já nascida, ou que se faça desaparecer aquela que está ainda para nascer. É já um homem aquele que o virá a ser » Apologeticum, IX, 8: P.L. I, 371-372; em Corp. Christ. I, p. 103, 1. 31-36.

f) Santo Agostinho – (séc. IV)

« Por vezes esta crueldade libidinosa, ou esta libidinagem cruel vão até ao ponto de arranjarem venenos que tornam as pessoas estéreis. E se o resultado desejado não é alcançado desse modo, a mãe extingue a vida e expele o feto que estava nas suas entranhas; de tal maneira que o filho morre antes de ter vivido; de sorte que, se o filho já vivia no seio materno, ele é matado antes de nascer » De nuptiis et concupiscentiis, c. 15

g) Papa Estevão V (séc. IX)

« É homicida aquele que fizer perecer, mediante o aborto, o que tinha sido concebido »

citado pelo Decreto de Graciano, Concordantia discordantium canonum, C, 2, q. 5, c. 20.

h) São Tomás de Aquino(séc. XIII)

S. Tomás é um caso interessante. É sempre arrolado como ponto de "incoerência" em relação a esse assunto. Remeta-se ao Comentário sobre as Sentenças, livro IV, d. 31, onde S. Tomás assevera que o aborto voluntário é peccatum mortale (infelizmente, não achei o texto em português). O mesmo se dá na Suma Teológica, onde se pode ler “que o que fere a mulher grávida faz algo ilícito, e, por esta razão, se disso resulta a morte da mulher ou do feto animado, não se desculpa do crime de homicídio, sobretudo, quando a morte segue certamente a esta ação violenta” [S.Theo., II-II, q. 64, a.8, ad.2].

i) Papa Sisto V – (séc XVI)

Condenou o aborto severamente em sua Constituição Effraenatum, de 1588.

j) Pio XII – (séc. XX)

Além do papa Pio XI, seu sucessor Pio XII também empenhou-se duramente na refutação do aborto:

« Até ao momento em que um homem não se tornar culpado, a sua vida é intocável; e por isso é ilícito todo e qualquer acto que tenda directamente para destruí-la, quer essa destruição seja intentada como fim, ou somente como meio para o fim, quer se trate de uma vida no seu estado embrionário ou já no seu desenvolvimento pleno ou, ainda, prestes a chegar ao seu termo » Discurso dirigido à União Italiana Médico-Biológica « São Lucas, em 12 de Novembro de 1944.

 

E, de quebra, a famigerada passagem da Quadragesimo Anno, de Pio XI, sobre a “relação” entre Socialismo e Catolicismo:

E se este erro, como todos os mais, encerra algo de verdade, o que os Sumos Pontífices nunca negaram, funda-se contudo numa própria concepção da sociedade humana, diametralmente oposta à verdadeira doutrina católica. Socialismo religioso, socialismo católico são termos contraditórios : ninguém pode ser ao mesmo tempo bom católico e verdadeiro socialista.

 

Agora veja:

 

 

Pronto. Não há o que discutir. Se você é católico, há dois motivos que impedem que você vote na candidata do PT. Simples assim.

5 comentários Dois motivos pelos quais um católico não pode votar em Dilma Rousseff

  1. Pingback: Homicídio Antecipado « Lux Lucet in Tenebris

  2. Snowball

    Olá, Gabriel. Fiz um mini-dossiê sobre Dilma, PT e a Aborto. Se quiser, veja abaixo:

    http://quebrandooencantodoneoateismo.wordpress.com/2010/10/05/dilma-pt-e-aborto-falar-a-verdade-virou-baixaria-ou-ainda-elio-gaspari-em-apuros/

    http://quebrandooencantodoneoateismo.wordpress.com/2010/10/06/mais-dilma-roussef-pt-e-aborto-quem-tem-coragem-de-enganar-o-eleitorado/

    Importante divulgar para que as pessoas não caiam em erro.

    Abraços,

    Snowball

    Quebrando o Encanto do Neo-Ateísmo
    http://quebrandooencantodoneoateismo.wordpress.com/

  3. Pingback: Motivos para não votar em Dilma? - O Camponês

  4. Pingback: Uma imagem, muitas informações | Inter-Esse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.