XVI Encontro Nacional da ANPOF

De 27 a 31 de outubro de 2014, acontecerá em Campos do Jordão, em São Paulo, a 16ª edição do encontro da ANPOF. Abaixo, o resumo submetido à avaliação:

“A tese filosófica sobre a identidade entre pensar e ser é o oposto do que ela parece ser”: sobre a distinção entre “Realitet” e “Virkelighed” em Kierkegaard.

Uma das maiores contribuições do filósofo dinamarquês Søren Kierkegaard é, inegavelmente, sua radicalização do conceito de Existência como condição de possibilidade de todo discurso filosófico. Entretanto, embora tal contribuição seja amplamente reconhecida pela tradição interpretativa e historiográfica, nem sempre parece claro que o sentido sistemático mais fundamental de tal conceito se descobre a partir de certas distinções metafísicas feita por Kierkegaard. A mais essencial delas, cremos, é a distinção entre “ser fático” e “ser ideal” que, por vezes, é consignada na diferença entre “Realitet” e Virkelighed”, ou seja, entre Realidade e Atualidade. Da mesma forma, claro está que esta distinção conhece outras consequências filosóficas bastante profundas, como o posicionamento do filósofo acerca das relações entre Ser e Pensar, tema clássico da Metafísica, como se pode ver em citações semelhantes àquela que aqui nos serve de título. Neste trabalho pretendemos explorar então as posições de Kierkegaard no que diz respeito às relações entre Ser e Pensar a partir da mencionada distinção entre “Realitet” e “Virkelighed”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.