Diminuição demográfica e regressão da Cultura

Geralmente, acredito na máxima de que muitas coisas podem ser demonstradas pela estatística, menos a verdade. Entretanto, o vídeo abaixo é, ao menos, instigante.

Desse modo, estou postando para abrir uma discussão, sobretudo no que diz respeito à relação entre adiminuição da população ocidental e o desaparecimento de sua cultura. Para além do tom catastrófico (que não é lá tão exagerado), são informações consideráveis.

 

 

 

 

O que você pensa?

 

Discussão aberta nos comentários.

 

UPDATE

– Talvez seja interessante ler o blog de Patrick Madrid, fonte do vídeo.

– Leia as colunas de Spengler, já indicadas por aqui. Comece por esta.

6 comentários Diminuição demográfica e regressão da Cultura

  1. Marcelo

    Bem… A guerra cultural já é conhecida para quem tem uma mínima visão do mundo; não pode mais ser ignorada. O problema é como expor o assunto para o mundo ocidental. O “politicamente correto”, que está mais para “convenientemente correto”, não vai permitir de maneira fácil que essas informações sejam tratadas às abertas.

    A Igreja, mais uma vez, é uma esperanaça. Mas será que o Vaticano, mesmo se quiser tratar do assunto, vai ter poder e controle para reagir?

    Em pouco tempo, os cristãos do Ocidente, se já não são, serão minoria. E voltaremos, de certo modo, aos primeiros séculos da era cristã. Todos os dias é possível encontrar, em algum jornal, alguma notícia que ataque, direta ou indiretamente, a Igreja Católica. Todos os dias!!

    É hora de a Igreja reagir firmemente. Como? Em primeiro lugar ela precisa fazer valer sua unidade. É preciso fazer valer sua doutrina e seus dogmas, antes de tudo, internamente. Um exemplo: como a Igreja Católica pode querer reagir à guerra cultural enquanto algumas paróquias do interior do Brasil dão abrigos a guerrilheiros? É preciso, sim, colocar os pingos no is. É preciso limpar a Igreja das idéias que não lhe são originais.

    Uma vez que ela consiga fazer isso, aí poderemos pensar em algum modo de sobreviver. Experiência nós temos. Falta organização.

    Só um esclarecimento. A Igreja é fundamental nessa guerra porque, como é sabido, sem os valores cristãos, a cultura ocidental perde um dos seus pilares.

    Temos que acordar mesmo… Vocês sabem como a Igreja Católica vê esse problema? Ela se preocupa com isso?

  2. Pingback: Excesso populacional ou O homem como praga | Inter-Esse

  3. Renata

    Vamos lá… na minha opinião, o que nós católicos e o que Santa Sé deve fazer é rezar e ter mais fé. Pois é bíblico (Mt 16,18) “E eu te declaro: tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” Em nenhum momento Jesus mencionou que não haveriam trevas nem tribulações, muito pelo contrário! Mas tá aí, se tivermos fé saberemos que a Igreja se manterá firme e forte, pois é a Igreja de Deus!

    Além do quê esse vídeo, se contiver informações reais, está partindo do princípio que todos os filhos dos casais islâmicos seguirão a crença dos pais… Não me parece que isso seja 100% garantido. O islamismo funciona muito bem nos seus países de origem, no ocidente não. Os próprios pais que vieram para o ocidente com certeza tem uma mente bem diferente da mente dos pais que prefiriram ficar no oriente.

    Deus nos abençoe.

  4. ivaldo oliveira

    Ainda bem que a diminuição demografica no ocidente salvará nosso resto de natureza. É a luz no fim do tunel. Quanto menos filhos, mais flora e fauna.

  5. Pingback: Excesso populacional ou O homem como praga | Inter-Esse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.