20 regras para fazer boa história da filosofia

Peter Adamson, professor da Ludwig-Maximilians-Universität em Munique, e mantenedor do ótimo podcast HPWAG (History of Philosophy without any gaps) compilou 20 regras para se fazer boa história da filosofia. De fato, são 20 boas regras ou bons pressupostos para se fazer boa filosofia em geral:

1. É possível que duas ideias apareçam independentemente;

2. Respeite o texto;

3. Suspeite do texto;

4. Respeite o contexto;

5. Leve figuras “menores” a sério;

6. Aprenda algumas datas;

7. Pergunte-se a si mesmo por que os filósofos se importavam (com determinados tópicos);

8. Leia o texto inteiro;

9. Aprenda a terminologia;

10. Silêncio (sobre algo ou alguém) não é mais significativo do que as palavras;

11. Pense criticamente;

12. Pense sobre a audiência;

13. Leve metáforas a sério;

14. Leve a religião a sério;

15. Tenha uma concepção ampla sobre o que conta como filosofia;

16. Respeite os textos sobre textos;

17. Concentre-se no texto primário, não na literatura secundária;

18. Não essencialize;

19. Cuidado com o jargão;

20. As coisas são sempre mais complicadas do que você pensa.

Adamson explica cada uma delas aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *