Heidegger e Jaspers no tempo da universidade a sério

Entre os diversos temas tratados na longa correspondência – 155 escritos conservados, trocados durante 43 anos – entre Karl Jaspers e Martin Heidegger, um em particular me chamou a atenção: opiniões sempre sinceras sobre a qualidade dos trabalhos dos autores e, inclusive, do de terceiros. Aliado a um profundo senso de apuro intelectual e seriedade sobre… Continue lendo

Como ler os clássicos da Filosofia – Curso Online

É com grande prazer que divulgo aqui o curso online “Como ler os clássicos da Filosofia”, ministrado pelo meu caríssimo amigo Prof. Ernesto Giusti, da UNICENTRO – que já deu algumas de suas preciosas dicas aqui. O curso, em 4 aulas, é oferecido pelo Núcleo de Educação à Distância – NEAD – da Unicentro-PR. Não… Continue lendo

8-bit Philosophy – Filosofia via old-school games

Existem inúmeras tentativas de fazer a Filosofia dialogar com a cultura pop. Da interminável série “qualquer-coisa e a Filosofia“, que pretende sustentar um ar de seriedade mesmo com combinações para além do esdrúxulo, ao empenho sério de projetos como da Film-Philosophy, parece haver um grande esforço em diminuir as distâncias. Se isso deve ser feito,… Continue lendo

As dores de crescimento da comunidade filosófica

Nicholas Rescher, editor executivo da American Philosophical Quarterly, escreve uma nota na mais recente edição do periódico, intitulada “Growing Pains“, na qual expõe o crescimento notável dos números relativos à atividade filosófica nos EUA nos últimos anos. Do mesmo modo que ressalta os benefícios de tal crescimento, Rescher aponta também alguns dos malefícios causados pela… Continue lendo

A importância da estupidez produtiva na pesquisa científica

Através de um post de hoje do Daily Nous, cheguei ao excelente ensaio de Martin A. Schwartz no Journal of Cell Science sobre a “estupidez produtiva” que se deveria cultivar em toda pesquisa científica. Vale tanto pras ciências “duras”, quanto para as gloriosas humanidades: Productive stupidity means being ignorant by choice. Focusing on important questions puts us in… Continue lendo